TSE julga essa semana cassação de nove deputados acusados de desvios de dinheiro público

 

☆☆☆☆☆

 

Ministro Luiz Fux é relator do caso que pode tornar inelegíveis sete deputados estaduais e dois federais

 

 
Está nas mãos dos ministros do Supremo Tribunal Federal (TSE) a cassação de nove parlamentares sergipanos – sete deputados estaduais e dois deputados federais, cujo julgamento dever ocorrer provavelmente na próxima sexta-feira (9/3).

Esses parlamentares foram condenados pelo TRE de Sergipe por terem cometido irregularidades no repasses e aplicações de verbas públicas em 2014 e, em alguns casos, os abusos chegam ao valor de R$ 1,5 milhão por deputado.
 

Frente pela Renovação ou fim da velha política; cenários para 2018

 
Se mantidas as condenações, eles não poderão concorrer nas eleições deste ano. O caso do suposto desvio de dinheiro público ficou conhecido nacionalmente como "Caso das Subvenções da Assembleia Legislativa de Sergipe (ALESE)".

O deputado Augusto de Bezerra, que obteve 27.755 votos, hoje no PHS e que à época dos supostos desvios era filiado ao DEM, é acusado de repartir os recursos da ALESE entre cinco entidades beneficentes e a manobra ilegal totalizou R$ 1.080.00,00.

Há ainda outros dois condenados pelo TRE que não são detentores de mandato no momento, são eles: Raimundo Vieira (PSL) e Zeca da Silva (PSC), ambos foram deputados estaduais por Sergipe.

O Ranking dos Políticos aponta a necessidade de reforçar que é papel da sociedade cobrar que essas irregularidades não fiquem impunes. Abaixo segue o telefone do gabinete e o email do presidente do TSE, ministro Luiz Fux, relator do caso, para que as pessoas interessadas em manifestar sua indignação e cobrar a devida punição aos parlamentares possam entrar em contato.

 

Leia mais. Veja quem são os 166 deputados que tentaram acabar com o Uber

 

Telefone: (61) 3030-7155

Email: gabinetemlf@tse.jus.br

Veja a lista completa dos parlamentares condenados pelo TRE-SE por desvio de dinheiro público

 

Deputados estaduais

Augusto de Bezerra (PHS) – 27.755 votos

Jeferson Andrade (PSD) – 33.898 votos

José Guimarães Filho, o Zezinho (PMDB) – 34.140 votos

Luis Augusto Ribeiro, o Gustinho Ribeiro (PSD) – 34.863 votos

Paulo Hagenbeck, o Paulinho da Varzinhas (PTdoB) – 23.268 votos

Samuel Barreto, o Capitão Samuel (PSL) – 23.984 votos

Venâncio Fonseca Filho (PP) – 23.143 votos

 

Deputados federais

Adelson Barreto (PTB) – 131.326 votos

João Daniel (PT) – 52.959 votos

Ex- deputados – Condenados que não se reelegeram em 2014

Raimundo Vieira (PSL), o Mundinho da Comase

Zeca da Silva (PSC)

%d blogueiros gostam disto: