Após pressão, deputado desiste de aumentar imposto em vinho importado

Até ontem circulava a notícia de que o deputado Jerônimo Goergen (PP-RS) havia criado o Projeto de Lei 10272/18, que definia a alíquota mínima de 40% no Imposto de Importação sobre vinhos. Atualmente, a alíquota é de 10%. A ideia era proteger os produtores de vinho brasileiros da melhor competitividade dos produtores de países vizinhos – estes que sofrem menos que os brasileiros com regulações do estado, conseguindo produzir mais, melhor, e cobrar menos.

Fizemos ontem um vídeo comentando sobre os problemas do projeto. Veja:

 

Após a grande repercussão negativa, o deputado voltou atrás:

Este é o caminho. Temos que melhorar as nossas condições de empreender para que sejamos mais competitivos, e não simplesmente criar impostos para proteger um setor, tornando esses produtos mais caros para os consumidores. Parabéns ao deputado por reconhecer o equívoco e propor um projeto na direção certa.

%d blogueiros gostam disto: